NOTÍCIAS    FOTOS    VÍDEOS    SIMULADOR    REGRAS    TJD
Usuário:    |  Senha:  
 
FILIADO
 
  30/05 - Vem aí mais uma edição da Taça Brasília de Futebol 7 inscreva sua equipe  
NOTÍCIAS

Data: 21/03/2019
Essa notícia foi lida 563 vezes

  

Muito prazer S.E. Santa Maria de Futebol Feminino

Por Tercio Nurnberg

Não muito diferente de outras equipes que são formadas a partir de amizades. Construindo um sonho com objetivos, a equipe feminina do SE Santa Maria surgiu da união de cinco amigas que iniciaram com o futsal entre os anos de 2016/17.

O sonho passou a ser possível e acreditou-se nele quando foi oferecido a elas a possibilidade de ampliar a estrutura da equipe e montar um time de futebol de campo. Tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto, onde se usou o nome do clube para alimentar o sonho das meninas, mas isso apenas foi descoberto mais tarde.

Acreditando no sonho elas conseguiram reunir mais atletas com o mesmo proposito de disputar e crescer juntas. E levar a equipe feminina do Santa Maria para jogos fora e competições que dessem visibilidade e notoriedade ao time.

Após idas e vindas, a equipe integrou as atletas Amanda e Sther, mais experientes e com uma visão macro da situação, elas logo abriram os olhos das demais para o problema, promessas e nada de efetivo aconteciam.

Foi então que a reviravolta aconteceu as duas foram até o clube e falaram com o presidente do clube (masculino), e descobriram que estavam sendo enganadas o tempo todo. Retiraram o rapaz da equipe, (por profissionalismo o clube preferiu não identificar na matéria o trapaceiro).

A partir daí, com Amanda e Sther a frente da gestão, a equipe entrou na Taça das Favelas, competição essa muito reconhecida em Brasília. Não tinham ideia de que as coisas eram ainda mais complicadas e a realidade para o futebol feminino é uma luta constante e diária.

Começou por conseguir um local para treinar a equipe, já que se entendeu que seria necessário para a evolução da equipe. Quando achavam um local, eram expulsas com a famosa frase “FUTEBOL É COISA PARA HOMENS”, entenderam que precisavam se dedicar de alguma forma, os treinos ocorriam nas caixas de areias da cidade, quando às vezes ‘sobrava’ um campo de futebol, nada tirou o sonho das meninas.

Ainda jogando a Taça das Favelas, chegaram a terceira fase e entenderam que precisavam aperfeiçoar ainda mais a equipe, alto rendimento, atletas melhor preparada e qualificada. A brincadeira deveria virar coisa séria.

Os anos iniciais passaram e logo virou para o ano de 2018, A Federação local informou aos clubes que para jogarem o estadual, conhecido como Candangão 2018, deveria ter um time de futebol feminino disputando um estadual em paralelo. Essa noticia chegou aos ouvidos das meninas. E num certo dia o presidente do clube, as convidou para representarem o futebol feminino da cidade e do clube Santa Maria.

Logo que aceitaram o convite, surgiram os novos desafios, os custos, as viagens, as premiações e a manutenção da equipe. Com a participação de muitos colaboradores JAPÃO DA CONSTRUÇÃO, CLÍOBIO ANALISE, ASTRO ESPORT, CLÍNICA CÁRDIO e ERIVALDO ALVES. Entre muitos amigos, elas conseguiram competir no Candango daquele ano.

Hoje Santa Maria de Futebol Feminino segue com as líderes e gestoras Amanda Alencar e Sther Araújo e o técnico Ari Oliveira.

Amanda um das atletas da equipe falou sobre a importância e a finalidade do clube participar dessa modalidade fut7.

- Com a finalidade de sermos vista, obter mais visibilidade para o clube e participar de uma competição de alto nível, pois quem ganhar irá disputar o brasileiro da modalidade em Minas Gerais, finalizou.









LEIA TAMBÉM!

DF terá um time masculino e um feminino no Campeonato Brasileiro de fut7
A Federação Brasiliense de Fut7, ainda vai colaborar com a CF7B enviando dois dos seus árbitros destaques e de melhor aproveitamento no DF
Campeonato Brasiliense Feminino de Futebol 7
Shalke 12 vence Cesea nos Shoot-outs e consagrasse campeã Brasiliense no Futebol 7
S. E. Santa Maria x Ceilândia E.C.: clássico no fut 7 Domingo
Duelo eliminará uma equipe da próxima fase.
1...2...3.... Nativa Futebol Clube
Nativa mais que um time, uma família.
Ceilândia Esporte Clube Feminino
Do profissional ao Amador com estrutura.

CRAQUE DA RODADA

  • Rhaiana Natividade (RHAI)

    Equipe: Nativa FC

    Uma das protagonistas principais da classificação da sua equipe, ela zagueiro raiz foi eleita com mais de 130 votos na enquete Parabéns a xerife e capitã da equipe Nativa FC


  • Juliana Iza de Oliveira (Ju)

    Equipe: Mavericks

    Juliana em um dos seus melhores dias fez o que todos achavam impossível com um belo gol venceu classificando sua equipe para as quartas de final.


  • Viviane Silva dos Santos (Vivis)

    Equipe: Nativa FC

    Eleita a atleta da semana pela enquete com mais de 50 votos, Viviane no jogo marcou 02 gols e ainda ajudou sua equipe com mais 02 assistências, parabéns.


  • Stefany Rodrigues Cavalcante

    Equipe: Mavericks

    Com 281 votos, ela e seu carisma passa a liderar o ranking das mais votadas da semana e também com uma cobrança precisa através do Shoot Out empata no finalzinho garantindo um ponto para sua equipe. veja na página do Facebook a transmissão completa da partida. www.facebook.com/ff7brasilia


  • Maria Yrla Ferreira do Nascimento (Yrla)

    Equipe: Ceilândia EC

    Além de fazer parte da seleção da segunda rodada foi eleita a atleta da semana com mais de 90 votos. Não se engane com esse rostinho meigo e angelical, Maria Yrla bate um bolão, converteu um belo gol e ainda deu uma assistência que levou a sua equipe ao empate


  • Silvânia Rodrigues Armelos

    Equipe: CESEA

    Alem de fazer parte da seleção da rodada foi eleita a atleta da da rodada com mais de 230 votos. Parabéns Silvânia além de ótima atleta é a queridinha da internet.

RANKING


PARCEIROS


Copyright© 2019 FEDERAÇÃO DE FUTEBOL 7 DE BRASÍLIA.