NOTÍCIAS    FOTOS    VÍDEOS    SIMULADOR    REGRAS    TJD
Usuário:    |  Senha:  
 
FILIADO
  
 
  08/05 - Juntos venceremos o combate contra o COVID-19, faça sua parte fique em casa.  
NOTÍCIAS

Data: 03/04/2019
Essa notícia foi lida 994 vezes

  

Ceilândia Esporte Clube Feminino

Por Tercio Nurnberg

O Ceilândia surgiu a partir do Dom Bosco Esporte Clube, criado em 1963 por Francisco da Silva, o "Seu Chicão". Em 1977, surgiram as primeiras tentativas no sentido de profissionalizar o Dom Bosco. Finalmente, em 27 de março de 1978, o Dom Bosco foi registrado. Um ano depois, por sugestão da então administradora de Ceilândia, Maria de Lourdes Abadia, em 23 de agosto de 1979, o estatuto do time foi alterado, mudando o nome de Dom Bosco Esporte Clube para Ceilândia Esporte Clube.

Sidney Resende e Tatiana Celestino começaram com o Futebol Feminino em 2001, através do projeto Social Futebol com Cidadania Rompendo Barreiras, com o crescimento do projeto logo em seguida algumas atletas foram para o Guarany Futebol Clube, para disputar o Brasiliense de Campo.

Moacir chegou a integrar o projeto em 2010, a diretoria se fortaleceu ainda mais. Quatro anos mais tarde, a diretoria do clube profissional do Ceilândia, no qual Moacir Junior fazia parte, entraram em acordo para montar o departamento de futebol feminino do clube.

Durante um ano, o clube se preparou para montar uma equipe e dar toda a infraestrutura necessária para disputar o Candagão, o campeonato estadual de Brasília profissional.

Algumas atletas se destacaram na competição, chegando a servir a seleção brasileira de base no futebol feminino, são elas: Nycole Rasyla, Isabela Álvares e Layssa Cristina.

A equipe teve um bom destaque em diversas competições dentre elas um dos torneios mais conhecidos a Taça das Favelas, a equipe sagrou-se campeã invicta no ano de 2017.

Na cidade Águas Lindas de Goiás 2016 foram campeãs da primeira competição municipal de fut7. Participaram também de outra modalidade o Beach Soccer etapa Espirito Santo em 2018, com uma boa colocação.

“Para nós gestores foi de grande importância a iniciativa da Federação de Futebol 7, proporcionar essa grande competição estadual que dá vaga para o Nacional e está mostrando que tem capacidade para desenvolver uma competição de alto nível”.

A equipe participou da Copa do Brasil, com a equipe masculina representado pelo Ceilândia EC/ PSV e ficou com a terceira colocação, batendo a equipe do Minas Boca FC (MG) pelo placar de 5 a 2.

“Para nós do Ceilândia essa e a 2ª Competição da modalidade e buscamos assim como na primeira competição ter um bom desempenho”.

O Ceilândia EC estreou no estadual de Fut7 contra Shalke 12, e não foi bem o resultado que esperavam. A derrota ligou o sinal de alerta da equipe, que nas duas rodadas seguintes empatou seus jogos pelo mesmo placar, 2 a 2.

A equipe encara o Arraias FC, no dia 07/04 as 18h40 no Campo Society Guariroba no Distrito Federal.

 




LEIA TAMBÉM!

Cesea Campeã Brasiliense Feminina de Futebol 7
Em final emocionante Cesea se consagra campeã vencendo Shalke 12 por decisão de Shoot Out.
Campeonato Brasiliense Feminino de Futebol 7 2020
Jogos da segunda rodada não define classificados
Campeonato Brasiliense Categorias de Base de Futebol 7
Segunda rodada bem disputada e nada definido.
Curso Treinador de Futebol 7
FF7 Brasília traz curso voltado a modalidade Fut 7
Campeonato Brasiliense Feminino de Futebol 7
Ponta pé inicial do Fut 7 feminino do Distrito Federal

CRAQUE DA RODADA
RANKING


PARCEIROS


Copyright© 2020 FEDERAÇÃO DE FUTEBOL 7 DE BRASÍLIA.